“Se me pergunta se foi justo? Obviamente que não”

Sérgio Conceição surgiu na conferência de imprensa visivelmente abatido, no final do embate com o Sporting, que permitiu aos verdes e brancos conquistarem a Taça da Liga. O técnico do FC Porto considerou que o resultado não foi justo e que a quebra de intensidade de jogo por parte dos leões prejudicou a sua equipa.

Análise: “Todas as derrotas são difíceis de engolir, principalmente quando sentimos que fomos mais fortes e merecíamos ganhar.”

Justiça do resultado: “Eu acho que houve uma primeira parte não muito bem jogada, equilibrada, mas sempre com ascendente para o lado do FC Porto. Lembro-me da oportunidade do André Pereira a meio da primeira parte. Na segunda parte não houve nenhum remate enquadrado do Sporting, tirando o penálti. Fomos superiores, sempre mais próximos do último terço, e o Sporting sempre a quebrar o ritmo de jogo e a própria intensidade, a querer arrastar o jogo para os penáltis. Custa perder desta forma porque era um título que queríamos conquistar. Mas há que seguir em frente. Se me pergunta se o resultado é justo, obviamente que não.”

PARTILHA COM OS PORTISTAS!

loading...

Recomendamos também

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.